MEC alerta sobre uso indevido do nome IsF para venda de cursos de inglês

Órgão publicou nota de esclarecimento e alertou sobre os cursos oferecidos

Por Dayanne Amaral Lopes
 | nothing

O Ministério da Educação (MEC) publicou uma nota de esclarecimento sobre o uso indevido do nome do programa Idiomas sem Fronteiras (IsF) para a venda de cursos de inglês. 

O órgão alerta para tomar cuidado com divulgações de cursos, por e-mail ou redes socias, que utilizam o antigo logo do MEC e exigem pagamento de material didático. Todos os cursos da Rede Andifes IsF são divulgados na página oficial: https://www.andifes.org.br/institucional/redeisf/.

Acesse o comunicado aqui ou confira a nota completa abaixo:

“O Ministério da Educação (MEC) identificou que cursos de inglês pagos vêm sendo oferecidos indevidamente em nome do programa Inglês sem Fronteiras (IsF). A Pasta não reconhece essas atividades nem seus certificados emitidos. O programa oficial de capacitação em língua estrangeira do MEC se chama Idiomas sem Fronteiras (mesma sigla: IsF), é oferecido pela Rede Andifes Idiomas sem Fronteiras — da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) — e as atividades são divulgadas apenas pelas universidades participantes da iniciativa. Além disso, as formações são totalmente gratuitas, voltadas à comunidade universitária e, no caso do ensino de português para estrangeiros, também à comunidade externa.

Portanto, qualquer divulgação realizada por e-mail ou redes sociais feita em nome do Inglês sem Fronteiras — utilizando a marca mostrada abaixo e oferecendo cursos de inglês que exigem pagamento de material didático — não têm apoio do MEC nem da Rede Andifes.

O Ministério alerta sobre a apropriação indevida do nome, da marca e da rede de relações do programa para a divulgação de ações particulares, que não possuem a autorização dos gestores do IsF oficial.”